0 23/05/2018

O USO DA MEDICINA TRADICIONAL CHINESA PARA O TRATAMENTO DE DESORDENS REPRODUTIVAS RELACIONADAS À INFERTILIDADE EM ÉGUAS Autor: Aline Gomes Buarque de Holanda     RESUMO A infertilidade consiste na incapacidade para conceber e pode ser considerada um dos mais relevantes problemas na criação de equinos, uma vez que gera prejuízos diretos no que diz respeito aos custos com tratamentos e, também, por ocasionar queda na produção. Diversos são os distúrbios que podem gerar infertilidade em éguas, incluindo desde fatores hormonais, alterações congênitas, traumas, neoplasias, até mesmo causas infecciosas ou inflamatórias, como, por exemplo, falha nos mecanismos de limpeza do útero. A Medicina Tradicional Chinesa (MTC), sobretudo a Acupuntura, tem sido amplamente utilizada com sucesso na medicina veterinária, e no que tange às desordens reprodutivas, estudos vêm sendo realizados, em diferentes espécies animais, como coadjuvante das terapias convencionais, ou mesmo para o caso da ineficiência de tais tratamentos. Nesse sentido, o presente estudo buscou realizar um levantamento bibliográfico de artigos e livros que abordassem as patologias equinas relacionadas à infertilidade, no que diz respeito às visões da medicina ocidental e da MTC, bem como aos mecanismos fisiológicos da Acupuntura, aos princípios da MTC e aos p