CROMOTERAPIA

O tratamento com a Cromoterapia visa estabelecer o equilíbrio e a harmonia do corpo, da mente e das emoções através da energia luminosa das cores. Vem sendo utilizada pelo homem desde as antigas civilizações, como no Egito antigo, nos templos de luz e cor de Heliópolis, como também na Índia, na Grécia, na China, onde suas aplicações terapêuticas foram comprovadas através da experimentação constante e verificação de resultados.

As cores possuem suas vibrações específicas e cada cor possui várias aplicações atuantes nos determinados tipos de sintomas. É importante o terapeuta procurar fazer uma sensibilização em cada paciente para obter um resultado mais rápido e correto. Cada ser humano possui uma cor predominante, que varia com a sua personalidade, biótipo físico e outras características.

Cada parte do nosso corpo está estritamente relacionada com as cores do espectro, portanto, dependendo da moléstia, necessitamos tratar essa parte com sua cor vibracional correspondente.

O cromoterapeuta deve ter formação e visão holística e a sensibilidade desenvolvida para utilizar as cores da forma adequada, ativando as energias que estão deficitárias, ajudando na recuperação de células doentes e contribuindo na indução a melhores hábitos mentais que se traduzirão em melhoria da ação, dos hábitos e da conduta, levando à harmonização e à saúde integral.

A cura ocorre quando conseguimos restabelecer o equilíbrio bioenergético do corpo e ao mesmo tempo eliminar a forma de pensamento negativa causadora da doença. É importante frisar que, dependendo do caso, as cores não dispensam o tratamento médico indicado. Ela simplesmente agiliza na recuperação, tornando o organismo mais receptivo e equilibrado, aumentando assim a resposta ao tratamento.

Pela visão espiritual, nós somos seres de luz, cercados e permeados pelas cores que constituem todas as criaturas vivas ou não. Assim sendo, precisamos da luz natural do dia para nos mantermos vivos. A luz do sol contém prana, alimento do corpo etérico, que por sua vez é responsável pela revitalização do corpo físico. O prana abrange as cores do espectro, usadas pelos chakras para alimentar as glândulas endócrinas e para revitalizar e harmonizar as outras camadas da anatomia sutil.

Quando não estamos bem, ficamos as cores das camadas áurica ficam deformadas e distorcidas. Partes de nossa aura vibram na frequência errada ou ficam sem cor, gerando o desequilíbrio no corpo. É fundamental descobrir a causa deste desequilíbrio. Um dos desequilíbrios mais comuns são de fundo emocional provenientes de traumas ou stress.

 

Profissional: Tania da Silva Santos